SOS CRIANÇA - CONTRA A PEDOFILIA FRASE DA SEMANA Táticas Pedofílicas de Enganação Os pedófilos tendem a escolher crianças que mostram certo grau de vulnerabilidade. As crianças vulneráveis que correm mais riscos são aquelas que não se sentem amadas e desejadas ou são impopulares, solitárias, sem amigos ou perseguidas. Abner Morilha

sexta-feira, 27 de março de 2009

Minha Oferta ao Senhor - 1a Parte

Oferta de Caim & Oferta de Abel
Gênesis 4:3-7 3 ¶ E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao SENHOR. 4 E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o SENHOR para Abel e para a sua oferta. 5 Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante. 6 ¶ E o SENHOR disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? 7 Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar. Varias linhas de interpretação tentam explicar do porque Deus não se alegrou da oferta de Caim. 1) Alguns dizem que ele ofertou um tipo de oferta que não tinha sido requisitada por Deus. Afirmam que foi a ausência de sangue que desqualificou a oferta. Pois, Deus segundo uma das interpretações requeria sangue como sacrifício. Nada disto e provado “Pensamento humano em posição da Revelação divina” 2) Caim foi orgulhoso e ofereceu o que ele queria e não o que Deus esperava. Era como se ele fundasse uma nova religião adaptando um culto a aquilo que convinha a ele. Como Davi 2 Samuel 6:1-11 “O orgulho humano em oposição a humildade que Deus requer” 3) Ele ofertou o que quis. O que ele queria não o que Deus esperava. “A vontade humana em oposição a vontade divina” Todas as interpretações podem conter a verdade ou parte da verdade. Se analisarmos somente pelo texto escrito o graphos. Podemos ler assim: Aconteceu que no fim de uns tempos trouxe Caim do fruto da terra uma oferta (uma artigo indefinido) define uma pessoa ou uma coisa de modo vago ou impreciso. Não era algo separado do melhor que a terra produziu, Não era “a” oferta. Faltava algo na oferta de Caim. Talvez tenha faltado cuidado na escolha,
Talvez tenha faltado zelo no escolher,
Talvez Caim simplesmente ofereceu o que tinha que ser ofertado, mas tenha faltado gratidão no seu coração. Era simplesmente uma ação religiosa cumpria um rito, uma liturgia de culto, um modus operandi de cultuar a Deus. O que continha na oferta de Abel que agradou tanto a Deus? Há um nítido contraste entre a oferta de Abel e a oferta de Caim. Vers 4- Abel por sua vez trouxe das primícias do seu rebanho (Atualizada / NVI Brasil) Enquanto que Abel trouxe das primícias do seu rebanho (Nova Tradução Viva) Inglês Mas Abel trouxe das primícias do seu rebanho. (NVI Americana) Há um contraste aqui. Abel trouxe das primícias (primeiros frutos, primeiras produções, foram escolhidos a dedo, foram cuidadosamente selecionadas). Ele deu os mais fortes, os mais formosos. Ele deu o que tinha de melhor para o Senhor. Primícias são o melhor que terra dá. Você imagina um laranjal. Na época em que nascem os frutos, no primeiro mês você vê quilômetros de laranjeiras cheias de frutos verdes, após um tempo se você olhar com atenção você verá que em meio ao verde há vários pontos luminosos, amarelos como se fossem pepitas de ouro. São as laranjas que amadureceram primeiro. Estas são colhidas uma a uma, com todo cuidado possível. E vai ao supermercado com alto valor as vezes valem 3 vezes mais do que as outras. Estas são as primícias. Heb. 11:4 Pela fé Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício. Excelente - que é muito bom. Acima de outros, extrema-se de outros. A oferta de Abel foi escolhida a dedo e com excelência ele prestou serviço ao Senhor (culto). Como tem sido a tua oferta ao Senhor? Quando você faz algo para o senhor qual é a sua atitude? Qual o seu cuidado na hora de trabalhar para Deus? Tudo o que fizermos se fizermos para Deus tem que ser feito com zelo e dedicação. Jeremias Maldito aquele que faz a obra do Senhor relaxadamente. Como você prepara a palavra, os estudos? Como você separa o seu tempo pra orar? Como você louva? Como você escolhe os louvores? Como você adora? Como você ensaia e se prepara para adoração na igreja? Como você prepara as transparências dos louvores? Quando você cozinha, lava roupa, lava louça para quem você faz? Quando você trabalha, para quem você trabalha? Quando você estuda para quem você estuda? Se você diz: Faço para o Senhor... Então porque você não faz o seu melhor? O Senhor agradou-se de Abel e de sua oferta, mas não se agradou de Caim nem da sua oferta.
Interessante como as ofertas estão ligadas as pessoas que as ofertaram. Primeiro Deus recebe a pessoas e depois sua oferta. Deus não aceita menos do que o seu melhor. Primeiro a pessoa.
Heb 7:25-27; 9:13-15; 10:19 Não estou falando aqui de quantidade e sim da qualidade da minha oferta. Como apresento minha oferta ao Senhor?

Um comentário:

  1. Pra. Claudia Maia2 de abril de 2009 09:12

    Shalom!É profundo!
    A ligação que temos com a oferta mostra realmente quem somos. Explana mais esse assunto é interessante e nos traz atos de pensar como está o nosso relacionamento com o Senhor.
    Deus abençoe!

    ResponderExcluir

Categorias